Sobre Mim

Simone Silveira Venzel, mas pode me chamar de Mone. Não vou colocar idade, porque se não vou ter que atualizar isso aqui todo aniversário, mas sou de julho de 1992, faça as contas :). Canceriana. Modelo alternativa. Bailarina (não, eu não danço balé, pelo menos por enquanto). Projeto de blogueira e youtuber. Sereia disfarçada... haha



Sou apaixonada por arte. Amo viajar, principalmente se for pra onde tenha água, tipo mar, cachoeiras, lagos e coisas do tipo (sereia, lembra!?). Adoro tatuagens. Tenho várias. E ainda quero ter muitas outras. Gosto de escrever, dançar, ser fotografada, ler, conhecer gente nova, lugares novos, culturas novas. Mas ao mesmo tempo, sou uma pessoa introvertida, que gosta de ficar sozinha (gosto mesmo tá!?), que gosta da liberdade de poder fazer o que quer, quando quer e sem questionamentos alheios. Uma pessoa que odeia se sentir controlada por qualquer pessoa que seja. Sou uma alma livre, selvagem, que detesta se sentir presa por qualquer motivo.


Amo natureza e acredito em seu poder. Estar perto dela me deixa mais calma e feliz. Meu sonho é morar numa casinha cercada apenas por área verde e sem ninguém por perto ou em uma praia deserta. Mas confesso que tenho medo. O mundo não tá fácil...



Formada em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda, mas nunca trabalhei na área. Acabou que não curti muito o curso. Mas eu amo estudar. E quero fazer muitos outros cursos sobre assuntos do meu interesse.

Já fiz várias tentativas de blogs, mas nunca tinha me encontrado antes. Agora acho que esse vai dar certo. Aqui é um espaço totalmente eu. E eu sou extremamente sincera nas opiniões que eu dou por aqui.


Sou uma pessoa normal, ou quase isso. E se você quiser acompanhar meus devaneios, fique a vontade e seja muito bem vindo (a)!

Se quiser me acompanhar nas redes sociais, tenho essas aí: | Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |


Beijos
Mone

"Eu prefiro ser
 Essa metamorfose ambulante
 Do que ter aquela velha opinião
 Formada sobre tudo
 Do que ter aquela velha opinião
 Formada sobre tudo"
(Raul Seixas)